Mesmo sem ver o jogo
torcedores lotam a Vila

Torcedores permaneceram ‘comemorando’ no bairro mesmo após o fim do jogo. Foto: Veja

Apesar das medidas restritivas adotadas no quadrilátero dos bares da Vila Madalena, milhares de torcedores fecharam a Rua Aspicuelta durante o jogo do Brasil, no último sábado.

No meio deles, havia ambulantes que conseguiram driblar a fiscalização da Prefeitura e vender bebida e churrasquinho aos presentes.

Além da Aspicuelta e arredores, houve aglomeração também na Medeiros de Albuquerque, dispersando-se, porém, logo depois da partida.

Torcedores também se aglomeraram em frente a bares da Medeiros. Foto: Diass Di.

Moradores e comerciantes da Vila não esperavam tanta gente nas ruas, depois das providências tomadas em conjunto com a PM e a Prefeitura – entre elas, ruas sem tv ou telão, estacionamento proibido e fiscalização mais acirrada da Regional.

“Infelizmente não se pode fazer nada para conter a multidão”, comentou Cássio Calazans, presidente da Savima.

Como próximo jogo do Brasil será às 9h da manhã de sexta-feira, espera-se que o movimento no bairro seja bem menor do que sábado último.

“Bares da Vila deverão
faturar mais nesta Copa”

Multidões invadiram a Vila na Copa de 2014

Cassio Calazans, presidente da Savima (Sociedade Amigos da Vila Madalena), espera um faturamento maior dos bares do bairro nesta Copa.

“Em 2014, como o evento foi no Brasil, o bairro se transformou em uma grande arena, com gente de todos os cantos, muitas pessoas nas ruas e muitos bares vazios”, lembra ele.

Segundo Calazans, a multidão que tomou conta da Vila Madalena em 2014 espantou os frequentadores do quadrilátero boêmio do bairro.

“A aglomeração da Copa passada foi um divisor de águas e entendemos que a organização é a melhor forma de ter harmonia entre os moradores, o comércio e frequentadores”, comenta.

Como um dos problemas enfrentados foi a multidão nas ruas e os ambulantes que vendiam bebidas alcoólicas inclusive para menores, a Savima, em parceria com a prefeitura de São Paulo, a Polícia Militar e CET definiram algumas regras.

“Os aparelhos de TV ficarão ligados apenas dentro dos bares, nada de telão ou projeção em paredões nas ruas, todas as ações nas vias públicas estão proibidas”, explica Calazans.

Os bares devem fechar a uma hora da manhã, a polícia deve aumentar o efetivo e a prefeitura também deve fiscalizar mais.

“Com um planejamento melhor, a ideia é atrairmos mais frequentadores para os bares e aumentarmos o faturamento”, conclui.

Conteúdo: R7

Pedro Costa lança
o Pira Poke Burger

Casa em que funciona o novo Pira Poke Burger

O casal de empresários Pedro Costa e Vera Marta, que desde 1998 está à frente do tradicional Pira Grill, na Vila Madalena, decidiu investir em um novo nicho gastronômico no bairro: o de poke.

Eles inauguraram oficialmente nesta sexta-feira (15.06) o Pira Poke Burger, nova opção de lanchonete, à Rua Wisard, 130 (onde funcionava o Pira Sanduba).

No cardápio, os pratos de peixe de origem havaiana que fazem sucesso em diferentes partes do mundo.

Segundo o casal, poke em havaiano quer dizer ‘em pedaços’; os surfistas saíam do mar famintos, ávidos por comida prática e rápida, e matavam a fome com peixes crus cortadinhos em pedaços; daí o nome.

 

Conteúdo: Estadão.

Copa na Vila: orientações da PM

A Polícia Militar está enviando um ofício aos bares da Vila Madalena com recomendações que foram acordadas sobre o período da Copa do Mundo no bairro. Fac-símile abaixo:

Copa: estacionamento proibido
em várias ruas da Vila Madalena

Rua Aspicuelta poderá manter estacionamento proibido após a Copa.

A CET proibiu o estacionamento em várias ruas da Vila Madalena a partir desta segunda-feira (11/06).

De acordo com a empresa, a maior parte das alterações será temporária e válida somente para o período da Copa do Mundo.

Os veículos ficarão proibidos de estacionar em período integral nas seguintes vias:

Ruas Wisard e Inácio Pereira da Rocha, entre as ruas Girassol e Mourato Coelho;

Ruas Girassol, Fidalga, Fradique Coutinho e Mourato Coelho, entre as ruas Inácio Pereira da Rocha  e Wisard;

Rua Aspicuelta, em toda extensão;

Haverá também ajustes na política de estacionamento das ruas Purpurina e Rodésia: veículos não poderão estacionar em toda extensão dessas vias de segunda-feira a sábado, das  07h às 20h.

Não estão previstos bloqueios nos dias de jogos; apenas em caso de necessidade, a CET poderá adotar medidas de contingência para monitorar o trânsito na região.

Essas medidas fazem parte de ações conjuntas coordenadas pela Prefeitura Regional de Pinheiros, com participação da CET, Polícia Militar, Guarda Civil Metropolitana, Polícia Civil e Savima (Sociedade dos Amigos da Vila Madalena).