Lavagem das ruas às 23h

Turistas já começam a procurar hostels no bairro para se hospedar durante o Carnaval.

Em carta distribuída aos moradores nesta quarta-feira (15.02), a Prefeitura Regional de Pinheiros/Vila Madalena informa que a lavagem das ruas do Quadrilátero do Carnaval da Vila será iniciada às 23h.

Atrás dos caminhões de limpeza equipados com aparelhos de jatos d’água, virão equipes da Polícia Militar para garantir a ordem durante essa operação e garantir a dispersão das que ainda estiverem nas ruas.

Além dos foliões que permanecerem na via pública após esse horário, a operação também atingirá os clientes dos bares que não deixarem o local antes das 23h. Por isso, o pedido da Prefeitura para que esses estabelecimentos fechem suas portas às 22h.

Os gradis para bloqueio das ruas do Quadrilátero serão colocados às 12h e retirados às 06h, durante os dias 18,19, 25 e 26 de Fevereiro e 4 e 5 de Março. Esses são os dias considerados ‘oficiais’ para o desfile dos blocos.

O Quadrilátero do Carnaval da Vila será praticamente o mesmo do ano passado, formado pelas ruas Inácio Pereira da Rocha, Simão Alvares, Mourato Coelho, Wizard, Harmonia e Inácio, novamente.

Com eventuais pequenas alterações de última hora, este será basicamente o Quadrilátero do Carnaval de Rua da Vila Madalena.

Telefones de emergência

Paulo Mathias

O prefeito regional de Pinheiros/Vila Madalena, Paulo Mathias, divulgou nesta terça-feira (14.02) um número de emergência para ser usado pelos moradores e comerciantes do bairro durante os dias de Carnaval de Rua: 3095-9595.

A informação foi dada na reunião no Ministério Público do Estado de São Paulo, na qual compareceram representantes da Prefeitura, da Polícia Militar e dos moradores da Vila Madalena.

Mathias informou que esse número é da Prefeitura Regional, e que durante os dias de folia terá sete atendentes para responder aos munícipes.

Cassio Calazans

O presidente da Savima, Cassio Calazans, também informou que nos dias de desfiles o número da associação estará à disposição dos moradores para esclarecimentos e reclamações: 2478-8256.

Na reunião foi confirmado que o quadrilátero a ser cercado será praticamente o mesmo do ano passado, tendo sido aumentado um pouco com a inclusão da rua Simão Alvares. Será, então, formado pelas ruas Inácio Pereira da Rocha, Harmonia, Wizard e Simão Álvares.

Cesar Ricardo Martins

O promotor César Ricardo Martins afirmou, ao final do encontro, considerar que foram esclarecidos todos os pontos necessários para que o Carnaval de Rua na Vila seja realizado “de forma ordeira e organizada, prevenindo a ocorrência de perturbações e danos à região”.

Bares anunciam camarotes

A Arena Madá, na Rua Fradique Coutinho, e o Pasquim Bar & Prosa, na Aspicuelta, estão anunciando que vão funcionar como camarotes de carnaval nos próximos fins de semana.

O  Arena Madá  vai reservar quase mil metros quadrados para os foliões que pagarão entradas e terão direito a banheiros, bebidas geladas e bandas se revezando em seu palco.

O Pasquim Bar & Prosa também terá bandas e blocos se apresentando e promete uma estrutura coberta e com ar condicionado para os clientes que comprarem ingresso, e que terão pulseiras identificadoras para poder entrar e sair à vontade do local.

 

Fonte: www.obaoba.com.br

 

Prefeitura espera bom-senso

O secretário municipal de Cultura de São Paulo, André Sturm, disse contar com o “bom senso” dos foliões para que depois do desfile dos blocos haja a dispersão na Vila Madalena até as 20h.

André Sturm (esq.) e o vice-prefeito Bruno Covas dão entrevista sobre Carnaval de Rua.

A afirmação foi feita em entrevista nesta segunda-feira (13.02), em companhia do vice-prefeito Bruno Covas, na qual André Sturm declarou também esperar que os bares do bairro fechem as portas às 22h.

“Nossa preocupação é com os transtornos causados à vizinhança. A gente acredita que as pessoas agirão como cidadãos, querendo se divertir, mas lembrando que eles estão em uma cidade e que precisam ter algum bom senso para que todos possam se divertir, e não só a pessoa em questão”, disse ele.

O vice-prefeito Bruno Covas anunciou que a Prefeitura vai oferecer shows até as 23h no Largo da Batata para quem quiser prolongar a folia. No caso, porém, dos foliões não colaborarem, Sturm e Covas não adiantaram o que a Prefeitura deve fazer.

Em reunião com moradores na semana passada, o prefeito regional de  Pinheiros/Vila Madalena, Paulo Mathias, disse que a operação de dispersão dos recalcitrantes é ‘top secret’.

São esperadas, porém, as mesmas medidas adotadas no Carnaval do ano passado. No horário da dispersão, a Prefeitura passava lavando as ruas, com o apoio da PM, que vinha logo em seguida para afastar aqueles que insistiam em permanecer no local.

Sem fiscalização da Prefeitura Regional e sem policiamento, pequenas multidões se aglomeraram em torno de dezenas de ambulantes, realizando pancadões até a madrugada do último domingo (12.02), principalmente na esquina das ruas Aspicuelta e Fidalga.

 

 

Depois que a banda passou

Por volta das 16h30 deste sábado (11.02), chamadas às pressas pelos moradores, equipes de fiscalização da Prefeitura Regional e da CET chegaram às imediações Rua Purpurina, onde se concentrava o Bloco Banda 7.

Com isso, o trio elétrico do bloco começou a descer a Purpurina (é proibido carro de som ficar parado), deixando para trás ambulantes, que passaram a ter suas mercadorias apreendidas…

…paquitas e melindrosas que aproveitaram para descansar um pouco…

…e muito lixo nas calçadas.